Sebrae realiza ação de fomento com estudantes

Estratégias e táticas inovadoras desenvolvidas na prática
07/08/2018

RIO NEGRINHO

 

Na segunda-feira (6) e na terça-feira (7), os alunos da Escola Manuel da Nóbrega participam de um jogo apresentado pelo Sebrae, com o intuito de fomentar o espírito empreendedor nos jovens. A gestora pública da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Rio Negrinho, Kawana Bonafini, comentou que a ideia partiu através do Sebrae, chegando a Rio Negrinho através da Secretaria. “Nos foi proposto  para nós trazermos este jogo para a cidade de Rio Negrinho, através de uma parceria do Sebrae com empresas privadas, onde a ideia é que através do projeto ‘Pense Grande’, em vez dos jovens assistirem uma palestra sobre o empreendedorismo, é realizado o jogo chamado ‘Se vira’, para que eles possam vivenciar estratégias e táticas sobre o empreendedorismo, e aprender na prática essas situações”, apontou Kawana.

 

O Sebrae tem feito contatos com o Poder Público dos municípios de Santa Catarina para realizar este projeto, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e de Turismo, para estar agendando estas oficinas, que tem por objetivo falar de atitudes empreendedoras e aprendizagem na prática, através do jogo “se vira”, que de forma lúdica, explica o que é o empreendedorismo a partir das próprias vivências do jovem,  o jogo traz várias experiências de jovens do país inteiro, trazendo realidades financeiras, e de vivências de diversos ângulos do país. Em Santa Catarina várias cidades já receberam este incentivo, no ano de 2017 onde cerca de 30 mil jovens foram atingidos pelo projeto.

 

“Chegou a Rio Negrinho através da Secretaria, com a ideia de viabilizar esta oportunidade onde através de parcerias realizadas pelo Sebrae. Este projeto que é nacional, traz para as escolas através desta oficina, o essencial para mudar a cultura a partir dos jovens,  pois sabemos que isto é possível através da educação, por meio da realização desta oficina, de forma dinâmica, eles começam a pensar grande, além de pensar em ter um emprego, há ser um empreendedor, ser o protagonista de sua história, onde através deste despertar simples, já coloca uma semente de um grande fruto em cada um”, comentou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Leandro Liberato.

 

Avaliação

Eduarda Koppe, tem 17 anos, e diz achar “muito interessante este jogo, pelas suas experiências apresentadas a nós, de forma lúdica, nos prepara para encarar estas realidades que poderemos passar um dia, fomentar um crescimento profissional muito grande. Hoje faço parte do Projeto Pescar Sólida, e vejo que associando ao Jogo, temos aprendizagens de compromisso, financeira desde a situações de estar trabalhando e ter que se ausentar, tendo que cumprir nossos horários em outros dias”, comentou a estudante

 

 

O projeto será realizado na região nos próximos dias:

8/8 Univille São Bento do Sul

9/8 Escola Luís Bernando Olsen, no distrito de Volta Grande

10/8 Escola Barão de Antonina - Mafra