Mulher morre após ingerir soda cáustica por engano

Após seis meses de tratamento, ela não resistiu aos danos
06/05/2013

 

Todos sabemos que um dia vamos morrer, embora não se tenha indícios da data, local ou mesmo da forma como isso não vai acontecer, embora hajam muitas formas comuns de falecimento. Só que algumas vezes acontecem algumas surpresas, que são fatais. Foi o que aconteceu com dona Florisbela Zimmermann Grober, 75 anos, moradora da Localidade de Águas Claras, em Volta Grande.

De acordo com uma parente, chamada Verônica, em outubro dona Florisbela foi até o Cemitério do Bituva, limpar o túmulo de dois filhos, que morreram quando pequenos. Por engano, acabou tomando água misturada com soda cáustica, que estava em uma garrafa d’água. Desde então, vinha passando por tratamento, só que seu corpo não resistiu as consequências da ação da soda. “Ela ficou sem poder ingerir nada, queimou tudo por dentro”, informou, acrescentando que neste período a senhora também fez uma cirurgia no esôfago.

Após dez dias internada no Hospital Regional de Joinville, em Joinville (SC), ela veioa falecer na manhã desta sexta-feira (3) às 6h55. Seu corpo chegou a sua residência, em Volta Grande na tarde do mesmo dia, onde foi velado a partir das 16 horas. O sepultamento acontece neste sábado (4) às 14 horas. “Ela era uma pessoa bem querida por todos”, lamentou Verônica.

 

Soda cáustica

A soda cáustica (hidróxido de sódio ou lixívia) é um álcalis usado na fabricação de detergentes e que quando ingerido causa grave necrose epitelial e severa ulceração oral e esofágica, podendo levar à estenose. Os sinais clínicos aparecem a partir de 12 horas do contato, incluindo sialorréia, anorexia, inflamação e ulceração oral, disfagia, êmese, dor abdominal, melena, hipertermia e ulceração da faringe e esôfago. O tratamento é sintomático e de suporte, com a utilização de antibióticos, analgésicos, protetores de mucosa gastrointestinal e corticóides, hidratação endovenosa rigorosa e jejum.

 

Se ingerida:pode causar danos graves e permanentes ao sistema gastrointestinal.

Se inalada:irritação com pequenas exposições, danoso ou mortal em altas doses.

Na pele:perigoso. Os sintomas vão desde irritações leves até úlceras graves.

Nos olhos:perigoso. Pode causar queimaduras, danos na córnea ou conjuntiva.

 

Fonte: perfil