Rio Negrinho apresenta Sistema de Orçamento em Fórum de Cidades Digitais

Programa garante maior transparência ao processo de levantamento de orçamentos
19/07/2019

RIO NEGRINHO

O prefeito de Rio Negrinho, Julio Ronconi, apresentou nesta quinta-feira (18), durante o III Fórum de Cidades Digitais do Médio Vale do Itajaí, que ocorreu em Indaial, o Sistema de Orçamento Público (SOPP), programa que tornou o processo de orçamento e compras mais transparente no município. Considerado um case de sucesso, o programa foi implantado de forma experimental na Fundação de Cultura e agora vem sendo replicado para toda a administração pública municipal.

De acordo com informações da Prefeitura, o sistema SOPP (Sistema de Orçamento para Prefeitura) surgiu da necessidade de tornar o processo de orçamentos e compras menos morosos, diminuindo significativamente os custos e deixando esse processo totalmente transparente, não fraudulento, anulando a influência do agente político ou ciclo vicioso do servidor. “O sistema ficou em fase de teste na Fundação de Cultura desde fevereiro de 2018 e foi um sucesso”, explica o prefeito Julio Ronconi.

Entre os benefícios, cita a Prefeitura, estão a economia dos recursos públicos, como a redução de gastos com telefone e deslocamentos, mais agilidade no processo, fim do direcionamento dos orçamentos, entre outros.

 

Fórum de Cidades Digitais

Promovido pela Rede Cidade Digital (RCD) em parceria com a Prefeitura de Indaial, o Fórum de Cidades Digitais reúne prefeitos, gestores e vereadores catarinenses para tratar da modernização dos municípios, trazendo modelos implantados nas localidades e serviços de mercado que possam contribuir para maior eficiência dos serviços prestados à população. Além de Rio Negrinho, Brusque, Indaial, Rio do Sul e Schroeder trazem para o encontro exemplos de como a tecnologia tem impactado positivamente na gestão pública. “Promove a troca de experiências e facilita a adoção de ferramentas pelo poder público visando resolver diversos problemas nas cidades”, frisa o diretor da RCD, José Marinho.

 

Autor(a): Assessoria