Administração revê estratégia e buscará rotatória para Serra Alta

10/06/2019

A negativa da empresa concessionária da Rede Ferroviária Federal, Rumo Malha Sul S/A, quanto a solicitação da Administração Municipal para implantar uma rotatória no cruzamento da via férrea em Serra Alta foi o ponto chave para que a equipe de Planejamento e Urbanismo trabalhasse nos estudos para uma alternativa que minimizasse os problemas de trânsito enfrentados naquele trecho.

Pela interseção entre as ruas Otto Eduardo Lepper, Mathias Nossol e Reinaldo Mallon trafegam praticamente todos os veículos que deslocam-se pelo bairro Serra Alta ou para outras áreas do município e ainda os veículos que partem de outros bairros sentido Serra Alta, Rio Vermelho ou até mesmo Corupá e municípios vizinhos.

Assim sendo, recentemente foram realizados testes com duas possibilidades de mudança no trânsito do bairro, e a opção que apresentou melhores resultados foi a implantação do binário, onde o trânsito para quem desce pela Estrada das Neves seguiria obrigatoriamente pela rua Reinaldo Mallon, convertendo à esquerda para rua Conrado Liebl, e de lá passando pela rotatória em frente à Fiação São Bento, seguindo sentido bairro pela rua Otto Eduardo Lepper.

Já para quem seguiria da rua Mathias Nossol sentido Otto Eduardo Lepper, todo o contorno iniciado na Rua Reinaldo Mallon seria obrigatório.

Esta opção de alteração foi a que apresentou melhor resultado técnico quanto ao fluxo dos veículos e segurança no trânsito, porém, apresentou alguns pontos considerados negativos:

Devido ao fluxo haveria situação de risco para alunos e pedestres nas proximidades do Caic, na Rua Carlos Ruckl, entre as ruas Reinaldo Mallon e início da Otto Eduardo Lepper. Ações de infraestrutura teriam que ser tomadas naquele trecho para solucionar o problema.

A rua Reinaldo Mallon necessitaria de reforço em toda sua pavimentação devido ao grande aumento do fluxo de veículos, inclusive de carga, e que comprometeriam a atual pavimentação.

E o ponto considerado mais polêmico : o aumento do percurso em cerca de 1,5 quilômetros para os usuários da via que deslocarem-se do Centro sentido rua Marthias Nossol. Neste caso, toda a população daquele lado do bairro Serra Alta seria afetado pelo aumento do trecho a ser percorrido.

Revisão

Depois de diversas reuniões e analisando novamente estas questões a Secretaria de Planejamento e Urbanismo optou por voltar atrás e não implantar o binário já anunciado anteriormente.

"Nós analisamos novamente os pontos negativos que nos exigiriam altos investimentos, e analisamos também a situação da população que teria de percorrer um trecho maior dentro do bairro. Quando uma alteração impacta em uma pequena parcela da população em prol da maioria ela é concretizada, mas nesse caso, repensamos e consideramos o impacto na maioria da população de um lado do bairro Serra Alta. Este fator nos fez reconsiderar a alteração proposta anteriormente", explicou o secretário de Planejamento e Urbanismo Luiz Claudio Schuves.

Rotatória x Medida Paliativa

Uma solução definitiva ainda não poderá ser implementada no local, pois a melhor alternativa seria a rotatória, que não foi autorizada pela empresa concessionária da Rede Ferroviária Federal, Rumo Malha Sul S/A, ou, como segunda opção, a implementação do binário.

Assim sendo a medida que será implementada será a sinalização na interseção das ruas para melhor orientar os usuários das vias. Esta medida não irá alterar significativamente o atual fluxo dos veículos, apenas proporcionará melhor sinalização para organizar o trânsito.

Estas alterações, ao serem implementadas, irão comportar faixas elevadas de pedestres e toda a sinalização necessária para a orientação no trânsito.

"Iremos organizar melhor o trânsito atual no bairro Serra Alta. Com a implantação da sinalização e de pequenas mudanças reduziremos em partes congestionamentos pontuais, não solucionando o problema em definitivo, pois para tanto buscaremos as devidas autorizações para a rotatória, uma vez que o binário não será mais implantado", concluiu o secretário Luiz Claudio Schuves.

Apoio para buscar a rotatória

Como somente uma medida paliativa será tomada, a administração retomará os trabalhos para buscar autorização que viabilize a implantação de uma rotatória no local, o que é considerada a melhor medida para solucionar o problema do trânsito no bairro Serra Alta.

Na manhã de sexta-feira inclusive o secretário de Planejamento e Urbanismo Luiz Claudio Shuves, juntamente com o engenheiro diretor de projetos Rodrigo Matos da Silva e o vereador Claudiomar Wotroba, estiveram reunidos com a direção da empresa Fiação São Bento, que através do diretor Horst Maul afirmou apoio à administração na busca pelas autorizações com o objetivo de implantar a rotatória no bairro.

Na ocasião, Horst Maul também propôs-se a buscar apoio junto a ACISBS para juntos reforçar os pedidos pelas autorizações necessárias para implantação da rotatória.

Para o prefeito Magno Bollmann o fato de não proceder com a implantação do binário e sinalizar a interseção das ruas é uma medida paliativa que atenderá ao apelo dos moradores do bairro. "Foram muito pedidos para que não se aumentasse o percurso utilizados pelos moradores. Até então esta seria a melhor medida a ser tomada. Agora, contando com o apoio das instituições, partiremos em busca das autorizações para a implantação da rotatória. Esta é a melhor opção, mas também a mais demorada. Todos teremos que aguardar", ressaltou o prefeito.

Autor(a): Assessoria de Comunicação